A Bitcoin em estado de guerra civil


A comunidade Bitcoin está dividida. No centro desta divisão está a forma de resolver o problema de escalabilidade da Bitcoin.

O facto da Bitcoin ter o tamanho dos blocos limitados a 1 MB é um problema cada vez maior, na medida em que não é suficiente para as necessidades actuais e tende a agravar-se com o passar do tempo.    

Um bloco de Bitcoin não é mais que um conjunto de transacções agregadas que, uma vez confirmadas, são distribuídas por todos os nós da rede.

No o início da fundação da moeda, os blocos poderiam levar até 36 MB de dados de transacções. No entanto, em 2010, este valor foi reduzido para 1 MB, de forma a mitigar a ameaça de spam e potenciais ataques de denial-of-service.

O limite de 1MB por bloco, que se mantém activo até hoje, permite o máximo de 7 transacções por segundo, o que é, manifestamente, pouco, sobretudo se comparado com as redes tradicionais (VISA, MasterCard, American Express). Na verdade, nos últimos meses temos assistido a atrasos cada vez maiores no processamento das transacções.

Perante este problema, várias soluções foram até agora propostas, sem que se tenha chegado a qualquer consenso. A cada dia que passa os problemas na rede acumulam-se, os atrasos sucedem-se e as taxas para efectuar transações crescem.

Um dos programadores que mais esteve envolvido neste projecto afirmou, inclusivé, que a bitcoin "foi uma expêriencia falhada".

Esta problemática a que denominamos de Guerra Civil dentro da comunidade Bitcoin está a deixar nervosos todos os intervenientes, especuladores, processadores de pagamentos e utilizadores. Se há algo muito difícil de conquistar e fácil de perder é a confiança.

Se não se chegar a acordo em tempo útil sobre a melhor forma de tornar a Bitcoin escalável, enfrentamos vários cenários possíveis:

  - o fim da Bitcoin é um cenário remoto, mas possível, e se a perda de confiança for grande, poderá ser irremediável.

  - a substituição da Bitcoin por uma das centenas de moedas virtuais alternativas é possível. De facto, existem muitas moedas virtuais que oferecem todas as  vantagens da Bitcoin sem padecer das mesmas limitações. É importante lembrar que noutras 'guerras' tecnológicas nem sempre quem domina o mercado num determinado momento saiu vencedor no final. Temos o exemplo do Netscape que chegou a dominar os web browsers,  no entanto, essa posição não evitou o seu desaparecimento.

  - e a maior ameaça, os sistemas financeiros actuais. Projectos como o R3CEV, que agrega 42 das maiores instituições financeiras do mundo, visa dotar o sistema financeiro actual da tecnologia blockchain, e isto pode significar, em última análise, ter Dolares, Euros, Ienes, e outras moedas institucionais, a circular num blockchain com todas a vantagens da Bitcoin.

 

Se pensarmos que a Bitcoin nasceu para fazer frente a um sistema financeiro dominado por uns, em detrimento de outros, seria irónico que o seu maior contributo fosse fornecer a tecnologia necessária para tornar as actuais instituições financeiras mais eficientes e mais poderosas.

Tudo isto, porque a comunidade Bitcoin não consegue chegar a acordo sobre o tamanho de um bloco.

 

Por jornalbitcoin.pt

  

 

 

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter