A União Europeia prepara-se para limitar o uso da Bitcoin, bem como de outros meios de pagamento. Paralelamente, os Estados Unidos da América pressionam as empresas tecnológicias para fornecerem acessos clandestinos às mensagens privadas e codificadas dos seus utilizadores.

Estas são algumas das notícias dos últimos dias. Não importa como nem porquê, importa sim controlar e vigiar, nomeadamente, através do aproveitamento dos acontecimentos sociais mais sangrentos. Em prol do que denominam como missão pela paz e pela segurança que os próprios perverteram, invocam o que designamos de extorsão de privacidade sob pretexto para limitar a liberdade e legitimar a vigilância.

 

JornalBitcoin Newsletter