Viajar da Terra a Marte em 3 dias

Colocar o homem em Marte, faz parte da ambição humana, contudo com a tecnologia actual , levaria mais de seis meses a chegar ao planeta vermelho.


Mas os investigadores da NASA estão activamente a trabalhar numa  nova tecnologia que recorrendo a lasers  pode permitir  alcançar Marte em menos de três dias.  Conhecida como a propulsão fotónica, o sistema funciona utilizando lasers para impulsionar uma vela gigante. Ao invés de fótoes de raios solares, o sistema iria receber um impulso de lasers baseados na Terra, de acordo com a ScienceAlert.

 

Os  avanços recentes, transformam o que era  de ficção científica em  realidade científica, segundo  Philip Lubin, da Universidade da Califórnia em Santa Barbara,  a propósito do  "NASA Innovative Advanced Concept (NIAC)", que estuda formas de  propulsão  para exploração interestelar.


"Não há razão conhecida para não conseguir  fazer isso", continua  ele. "Há um roteiro que  pode ser visto   no  nosso paper para o  voo relativista. O sistema é modular e  totalmente escalável, construído para qualquer tamanho seja ele  minúsculo ou gigante ".


No paper, Lubin reconhece que a tecnologia não seria utilizada imediatamente numa missão a Marte. Em vez disso, ele sugere que o sistema iria trabalhar numa nave espacial "wafer-fin" que seria equipada com "comunicações integradas ópticas, sistemas ópticos e sensores combinados com propulsão a energia dirigida". "Temos de repensar radicalmente a nossa estratégia ou desistir de nossos sonhos de alcançar as estrelas, ou esperar por tecnologia que não existe, "Segundo  Lubin escreveu num  artigo sobre a tecnologia.


Lubin e sua equipa receberam o apoio  da NASA para demonstrar que o sistema pode  funcionar e ele já sonha em  enviar  essas sondas para os mais distantes  recantos do sistema solar.

 

Fotografia da NASA

 

"Nós poderemos  impulsionar uma nave robótica de  100 kg a Marte em poucos dias. Se pretender enviar  algo com capacidade de  transporte, poderá  levar mais ou menos  um  mês para la chegar ", disse ele. "Á distancia de 25 luz ano da Terra, há realmente muito poucos exoplanetas potenciais e lugares  habitáveis para visitar. Não sabemos, é claro. Há muitos alvos para escolher. O mais próximo é Alpha Centauri, que está a  cerca de quatro anos-luz de distância ".

Como funciona?

Apesar de não ter qualquer massa, as partículas de luz tem  energia e momento, e quando são reflectidas num objecto,  o momento é transferido para um pequeno empurrão. Com uma grande vela, reflectora, é possível gerar impulso suficiente para acelerar gradualmente uma nave espacial.

 

Fonte 

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter