Computador quântico o principio do fim de muitos segredos criptografados

Computador quântico o principio do fim de muitos segredos criptografados MIT

Quais são os fatores primos, ou múltiplos, do número 15? Para o numero 15 a resposta é fácil de calcular mentalmente  - 3 e 5 . No entanto um número maior, como 91, pode levar algum tempo a calcular e provavelmente iremos precisar de papel  e caneta. Um número ainda maior, por exemplo , com 232 dígitos,  levou dois anos para fatorar, utilizando  centenas de computadores clássicos a trabalhar  em paralelo.
Fatorar números grandes é extremamente difícil, e,  esta dificuldade  é a base para muitos esquemas de criptografia, que protegem  cartões de crédito,  segredos de Estado e outros dados confidenciais.

 

Pensa-se que um único computador quântico pode facilmente resolver  este problema, utilizado centenas de átomos, essencialmente em paralelo, o  computador quântico pode  fatorar rapidamente grandes números.

 

Em 1994, Peter Shor,  Professor  de Matemática Aplicada no MIT, surgiu com um algoritmo quântico que calcula os fatores primos de um número, de forma  muito mais eficiente do que um computador clássico. No entanto, o sucesso do algoritmo depende de um computador com um grande número de bits quânticos. Ate agora  muitos tentaram implementar o algoritmo de Shor em vários sistemas quânticos, contudo  nenhum deles foi capaz de fazê-lo com mais do que alguns bits quânticos, de forma escalável.

 

Agora, um artigo publicado na revista Science, investigadores  do MIT e da Universidade de Innsbruck, na Áustria revelaram conseguiram projectar e  e construiu um computador quântico de cinco átomos assente  numa armadilha de iões. O computador utiliza impulsos de laser para realizar o algoritmo de Shor em cada átomo, e conseguiram  fatorar correctamente o número 15. O sistema é concebido de tal maneira que mais átomos e os lasers podem ser adicionados para construir um computador maior e mais rápido, capaz de fatorar  números muito maiores. Os resultados, dizem, representam a primeira implementação escalável do algoritmo de Shor.

 

"Nós demonstrámos  que o algoritmo de Shor, o algoritmo quântico mais complexo conhecido até à data, é de realizável, tudo que precisa ser feito  é , aplicar mais tecnologia, e desta forma deve ser capaz de fazer um computador  quantico maior ", segundo  Isaac Chuang, professor de física e professor de engenharia eléctrica e ciência da computação do MIT. "Construir um  computador quantico ainda custa uma grande  quantidade  de dinheiro  - nao iremos ter brevemente computadores quanticos na secretária -. Mas agora é muito mais um esforço de engenharia, e não uma questão de física básica"

 

O que tudo isto  significa para os  esquemas de criptografia do futuro?


"Bem, uma coisa é  um  Estado não vai querer  armazenar os   segredos usando criptografia que se baseia  não fatoração de números partindo do principio que se trata de um problema  difícil de ser  invertido", diz Chuang. "Porque quando esses computadores quânticos começam a sair,  será possivel  desvendar todos esses velhos segredos."

 

E a bitcoin?

A Bitcoin usa vários algoritmos de criptografia A  "Elliptic Curve Digital Signature Algorithm (ECDSA)" para  assinar  as operações  e as funções hash SHA-256 e RIPEMD160. O computador quântico tornar a  ECDSA vulnerável , mas  a SHA-256 e RIPEMD160 permanecerão seguros.
A boa notícia é que ECDSA deve ser relativamente fácil de substituir, se e  quando  ficar comprometida. Seria muito pior se o mesmo se aplicasse  à SHA-256 .A  SHA-256 é utilizada para "minar" Bitcoins.

Fonte MIT 

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter