Bloomberg: ascenção e queda da Bitcoin Foundation que está tecnicamente falida

Bruce Fenton, diretor-executivo da Bitcoin Foundation, abriua reunião de 15 de Dezembro com sentido de urgência: "Nós precisamos de fundos adicionais se quisermos reter os empregados". Os números são maus. Em dois anos, a fundação gastou 7.000.000,00 de dólares. A 30 de Novembro, os seus activos totais eram apenas 12,553.06 dólares.

Para sustentar as operações da Bitcoin Foundation, que incluem a promoção da Bitcoin junto das autoridades, promoção de conferências e  apoio técnico à moeda digital, Fenton instou o grupo a encontrar formas de angariar dinheiro rapidamente. 

Eventualmente, Jim Harper, um membro do conselho e investigador, levantou uma questão pertinente: "Se a fundação, efectivamente, está a proporcionar aos seus membros valor suficiente para justificar a sua existência" , de acordo com a acta da reunião divulgada a 21 de Dezembro. "Pedir dinheiro é apenas deitar dinheiro fora", afirmou Harper.

Olivier Janssens, um outro director, sugeriu que os problemas da organização podem não ter sequer solução.

A Bitcoin Foundation tornou-se num símbolo dos desafios que a Bitcoin enfrenta. Embora os defensores promovam a Bitcoin como moeda global, descentralizada para a era da Internet, a verdade é que provou ser mais volátil do que muitas penny stocks*.

O seu papel na lavagem de dinheiro e outras actividades ilegais levanta imensas  perguntas, e o preço flutua com cada repressão regulamentar ou investigação criminal.

Em Novembro de 2013, atingiu um pico de  1137 dólares antes de cair para  183 dólares  em Janeiro de 2015 após uma série de problemas, incluindo o colapso do Mt. Gox**,  a maior bolsa de bitcoin do mundo.


A "Bitcoin Foundation" para alem das  dificuldades financeiras, tem de lutar contra o facto de dois ex-membros do conselho da Fundação terem sido  acusados ​​de crimes. Mark Karpeles, ex-diretor executivo da Mt. Gox, foi preso em Tóquio e acusado de peculato em Setembro. Charlie Shrem, ex-vice-presidente da Fundação Bitcoin, demitiu-se antes de se declarar culpado por ter facilitado a lavagem de  dinheiro  através do mercado ilícito Silk Road, actualmente cumpre dois anos de  prisão.


Várias pessoas proximas da  Fundação afirmam que as feridas podem não ter cura. "Eu não sei se a fundação tem  futuro. É muito difícil recuperar a confiança uma vez  perdida, e o comportamento ilegal de dois ex-membros do conselho da fundação destruiu muita confiança. " afirma  Gavin Andresen, um ex-membro da direcção.


Quando a "Bitcoin Foundation"  foi formada em 2012, o grupo tinha a intenção de dar legitimidade a uma tecnologia relativamente desconhecido. No final daquele ano, a bitcoin negociava a 13 dólares por moeda.

A organização cresceu quase em sincronia com a popularidade do bitcoin. Composta por  programadores pioneiros  e empreendedores , a Fundação tornou-se rápidamente um rosto familiar em Washington, promovendo  a bitcoin por  todo o mundo. 

 

*Penny stocks: termo aplicado a uma acção que tem um valor muito baixo, especialmente em relação às demais acções.

**Mt. Gox: em tempos a maior bolsa de bitcoin do mundo, sediada em Tóquio, faliu num escândalo que envolve uma serie de crimes de desvio de fundos numa perda aproximada de 600 milhões de dólares de fundos de clientes.

Fonte e artigo completo 

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos