Apple prepara-se para tornar a segurança do iPhone inquebrável

Segundo fontes  próximas à empresa e especialistas em segurança, os engenheiros da Apple começaram a desenvolver novas medidas de segurança que tornam impossível para o governo  quebrar a segurança  de um iPhone bloqueado utilizando  métodos semelhantes aos que estão no centro de uma batalha  judicial na Califórnia.

 

Se a Apple conseguir actualizar as medidas de segurança - e os especialistas dizem que  certamente irá conseguir - a empresa irá criar um desafio técnico significativo para as forças de segurança, mesmo que a administração Obama ganhe a batalha  pelo acesso aos dados armazenados no iPhone usado por um dos assassinos do ano passado em  San Bernardino, Califórnia.

Se o Federal Bureau of Investigation quiser  entrar futuramente num iPhone , seria necessário uma nova maneira de o fazer. Estes desenvolvimentos deverão originar  um novo ciclo de lutas judiciais e, mais uma vez, novas  correcções  técnicas por parte da  Apple.

A única maneira de sair desta situação, dizem os especialistas, é o envolvimento do  Congresso. a  legislação federal para as  escutas  exige que as  operadoras de telefonia tradicional  disponibilizem  os dados dos clientes  às agências de segurança. Mas as empresas de tecnologia, como Apple e a  Google não estão  cobertos por essa legislação, e  têm resistido fortemente a legislação que  coloque exigências semelhantes sobre eles.

Desde as revelações de sobre a  vigilância do governo feitas por Edward J. Snowden, as empresas têm  preparado os  seus produtos para proteger contra a intrusão do governo alem da intrusão de hackers.

Para a Apple, a segurança representa também uma estratégia de marketing global. Novas medidas de segurança não só vão  ajudar a empresa na  luta com o governo, mas também tranquilizar os investidores e clientes.

"Para todas as  pessoas que querem ter uma voz, mas estão com medo, nós estamos aqui , e estamos de pé  pelos os nossos clientes, porque protege-los é  o nosso trabalho",  Afirmou o presidente executivo da Apple, Timothy D. Cook,  na quarta-feira em  entrevista à ABC News.

 

Fonte

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos