Os legisladores russos Propõe Sete anos de prisão para as Actividades Bitcoin

Embora esta nova proposta seja  de momento apenas um esquisso, o Ministério russo das Finanças quer acabar de vez com a Bitcoin no país. Como é do domínio publico na RÚssia  apenas o Banco Central da Rússia esta autorizado a emitir moeda,  e a  Bitcoin não é emitido ou controladas por esta entidade ou qualquer outra.

 

Tornar a Bitcoin ilegal na Rússia é uma coisa, mas fazer cumprir  pena de prisão devido a actividades ligada à BTC é um extremar de posições. Se o Ministério das Finanças levar a sua avante, então  os consumidores terão de enfrentar até quatro anos de prisão, enquanto que os empresários enfrentam quase duas vezes essa pena.

Tornar o uso e distribuição de Bitcoin punível por lei não é nada de novo na Rússia. O regulamento actualmente em  vigor  diz que  a produção, distribuição e venda de Bitcoin pode  justificar um ano de  trabalhos forçados. A única excepção a essa decisão refere-se a  grupos que lidam com  a Bitcoin numa  escala organizada, neste caso os  membros podem ser  condenados a dois anos de trabalhos forçados.

Alem das penas de  prisão, o Ministério das Finanças quer impor  outras penalidades adicionais. Os cidadãos condenados por actividades Bitcoin na Rússia podem  enfrentar multas de até 500 mil rublos. Aqueles que não poderem pagar , eles vão ter  o salário ou rendimentos penhorados durante  três anos. Para  empresas ou grupos de indivíduos condenados por quaisquer irregularidades será aplicada  uma pena duas vezes mais dura.

O Ministério das Finanças da Rússia está extremamente preocupado com estas formas de "substitutos do dinheiro", já  que permitem  a qualquer cidadão participar em actividades ilegais sem deixar vestígios. Nomeadamente  lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo são dois exemplos que levantam muitas  preocupações.

 

Fonte

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos