Intel realiza estudos para massificar a utilização de Blockchains

A Intel, a maior fabricante de chips do mundo, estuda soluções para  ambientes de execução confiáveis ​​implementados  no seus chips de hardware de forma a aumentar a segurança e privacidade dos utilizadores blockchain.

 

Kelly Olson, director do grupo de tecnologia de contabilidade distribuída na Intel,  afirmou esta semana, durante a conferência de Transacções do Amanhã em Londres que  é possível utilizar  um "enclave seguro", semelhante ao que a Apple usa no  TouchID , para aumentar os níveis de segurança nas operações com o  blockchain.

O grupo liderado por  Olson está a efectuar estudos sobre implementações de blockchains em larga  escala, que podem vir a ser formados por  várias dezenas de milhares ou até milhões de nós, no entanto  o trabalho ainda está numa fase embrionária.

Ainda assim, Olson fez alusão a um caso pratico  para a utilização de soluções de hardware seguras num ambiente de computação confiável. O uso mais  imediato de uma tal solução de  hardware seria a gestão  de chaves de blockchains.

Olson a respeito da Bitcoin,  realçou que , embora a própria rede blockchain pública tenha ate agora demonstrado ser bantante segura, os utilizadores  j tiveram perdas devido a chaves privadas perdidas ou roubadas.

Olson afirmou:

"Enquanto as implementações  iniciais da tecnologia  blockchain como a  bitcoin tenham  provado ser bastante seguras, o ónus da segurança foi transferido da rede para  os terminais que escrevem no blockchain."

Olson discutiu a utilização de  um tal ambiente de computação com hardware seguro, não para garantir a própria segurança, mas também a  privacidade.

Fonte

Rate this item
(0 votes)
 

JornalBitcoin Newsletter

Bitcoin Videos